O melhor lugar do mundo

"Recorram ao Senhor e ao seu poder; busquem sempre a sua presença." Salmos 105:4
"Recorram ao Senhor e ao seu poder; busquem sempre a sua presença." Salmos 105:4

Existe um lugar preparado para você, um lugar de descanso, de paz, onde você pode viver todos os dias tranquilo. Não estou falando da sua casa, ou da cidade onde você mora. É um lugar muito melhor. Deus te criou, te formou, te deu uma família e amigos, planejou onde você passará sua vida, se você está nesta família, nesta casa, nesta cidade, saiba que tudo isso foi projeto de Deus. Mas Ele reconhece que as vezes é difícil conviver com sua família, ou até mesmo com alguns membros de sua igreja, ou com algumas amizades, e foi por isso que Ele preparou este lugar, onde ninguém pode te julgar, ou te machucar, onde ninguém pode te incomodar, o melhor lugar do mundo. Também não estou falando do céu, lá é perfeito, mas falo de um lugar que você pode viver aqui, enquanto está neste mundo, um lugar que te dará forças e paz em meio a tantas tribulações. Onde você pode e deve estar todos os dias, pois não é um lugar momentâneo. Mas mesmo sendo perfeito, não é fácil permanecer lá.

Você sabe qual é esse lugar? É na presença de Deus! Sim, é na presença de Deus que podemos senti-lo todos os dias, é para a presença de Deus que devemos correr e pedir forças quando o mundo estiver desabando, é na presença de Deus que devemos ficar quando tudo estiver muito bom e mesmo que pareça não precisar mais dEle. É na presença de Deus que você deve estar escondido, é nela que você deve escolher viver todo os seus dias.

Será que você tem ido até a presença de Deus? Tem ido ao seu encontro? Ou tem deixado as coisas dEle em último lugar? Você tem orado? Tem lido a Bíblia? Tem buscado mais do Senhor? Se você se sente sozinho, ou sente um vazio, saiba que Deus não ira te preencher do nada, você precisa busca-lo, todos os dias, e a todos os momentos da sua vida. É possível sentir a presença enquanto estuda, enquanto trabalha, enquanto você faz um serviço de casa, enquanto dirige, enquanto ouve um louvor, ou até mesmo naqueles momentos menos improváveis, eu estou sentindo a presença de Deus agora, enquanto escrevo este texto, e é possível sim você senti-lo a todo momento, se você quiser, se você buscar isso.

Não permita que os prazeres do mundo aparentemente "melhores" te tirem da presença de Deus, eles podem destruir sua vida, será que você não percebe?! Se eu pudesse iria de encontro a todas as pessoas que estão vivendo longe da presença de Deus, uma a uma e colocava no coração delas o desejo de sentir esse Deus que eu sinto, daria a cada pessoa a fome e sede que tenho de Deus, mas infelizmente não posso, não é assim que Deus trabalha, se você quiser senti-lo você tem busca-lo, e através do seu Espírito Santo chegaremos a esse lugar maravilhoso, que só quem já experimentou sabe o quanto Ele é perfeito. Nosso espirito luta contra nossa carne todas os dias, e o que você tem deixado ganhar? Sua carne precisa morrer para sentir a Deus, morrer para os desejos e prazeres de mundo insano e enganador.

Hoje Deus pergunta pra você: "Onde você está meu filho? Porque não procura por mim? Porque não sentes minha presença? Eu te quero mais perto de mim! Não é mais você quem vive, mas sou eu quem vivo em ti, meu filho amado. Não abandone tudo o que eu tenho preparado para te dar, são tantas coisas que posso fazer por você." E realmente Ele pode meus amados, se encha de Deus e transbordará felicidade, alegria, amor e paz. Experimente sentir esse amor. O Senhor quer te abraçar todos os dias, Ela deseja conversar com você, ouvir sua voz, enxugar suas lágrimas todos os dias. 

O que Deus tem pra você ninguém pode te oferecer melhor. A presença dEle é tudo que você precisa, não há nada que você precise mais. Não importa se até aqui você tem feito tudo errado, a partir do momento que você encontrar a presença de Deus, Ele te envolverá com tanto amor, que apagará todo os seus pecados. Sabe essa dor aí que você está sentido? Deus pode curar! Sabe esse tristeza que invadiu seu coração e te consome a cada dia um pouco mais? Ele pode te libertar dela! Sabe esse vazio que sente? Ele pode preencher. Sabe aquela alegria que você tanto procura mas não encontra em lugar nenhum? Ele pode te dar! Ele pode todas as coisas. Ele move o mundo a seu favor se for preciso, e a única coisa que você precisa fazer é não sair deste lugar que é a presença de Deus.

Eu desejo de todo coração que você faça da presença de Deus o melhor lugar do mundo, onde você queira estar todos os dias e reconheça que não há outro melhor.

Deus te abençoe!


Continue Lendo...

Como montar uma coreografia gospel

Como montar uma coreografia gospel
Olá meus leitores queridos, hoje eu vou dar algumas dicas para você de como montar uma coreografia gospel, baseadas na forma como eu monto as minhas. Que por sinal, não é tão simples como parece. 

Bom, o primeiro passo é sempre a ORAÇÃO. Muitas vezes a música e os passos que queremos apresentar não é o que Deus quer. (Leia: "Como agradar ao Senhor com a minha dança?") Precisamos estar em sintonia para levar a mensagem que as pessoas precisam e quem irá nos dizer qual é esta mensagem é o Senhor, isso é feito através da oração. Procure sempre estar sensível à voz de Deus e entender o que Ele quer que você transmita através de cada passo. Ore antes de decidir uma música, ore antes de começar a montar os passos. Esteja o tempo todo conectado com o Espírito Santo e dê a Ele total liberdade para revelar sua vontade. Ande sempre com um papel e caneta em mãos, pois nunca sabemos quando Ele irá nos revelar algo. Vá anotando todas as ideias que forem surgindo na sua cabeça, e lembre-se continue orando, sua oração deve durar até depois de apresentar, onde você ora agradecendo e começa tudo de novo. Preste atenção nas ideias que forem aparecendo e analise cada uma delas, as vezes uma coisa que serve para uma coreografia não serve para outra, e pode ser que algo surja e não venha de Deus, então esteja atento e saiba discernir os seus pensamentos. 

Pode ser que Deus não te diga: "Meu filho, dance essa música", mas Ele te dará indícios do que quer transmitir e você mesmo escolhe baseado na mensagem que Ele quer passar para o povo. Tudo depende do tipo de apresentação que você vai fazer. Onde vai ministrar? No culto? Se sim, que tipo de culto? Culto da família? Culto de jovens? Culto de crianças? Culto de campanha? Se não é no culto, onde é? Em algum evento de sua igreja? Que tipo de evento? Voltado para qual público? Jovens, mulheres, lideranças, comunidade em geral? Ou é uma apresentação em outra igreja? Em um congresso, ou ate mesmo um festival? O tipo de evento que você vai ministrar ajuda muito na escolha da música, que depois de escolhida deve ser apresentada ao Senhor em oração, diga a Ele o que você pretende fazer, como deseja fazer, o que irá utilizar, objetos? Panos, fitas, bandeiras? Ou apenas os gestos e movimentos? Apresente a Ele e continue atento a sua voz. 

Depois que a música estiver decidida, ouça-a várias vezes, pense em como ela poderá ser desenvolvida, preste atenção no ritmo da música (mais animada ou mais calma), identifique em qual estilo ela se encaixa (Balé, jazz, contemporâneo...), sinta a música, feche os olhos e deixe fluir, se atente à letra, qual a mensagem que essa música passa? Como posso representar isso? Não se esqueça de anotar as idéias e percepções identificadas. Vá montando um roteiro. Ouça quantas vezes forem necessário e sinta a melodia, a vibração. 

Não é apenas com as ideias e os movimentos que forem surgindo que a coreografia estará pronta. O próximo passo é inserir a técnica, comece a dar forma à seu roteiro, encaixando nele os passos mais "trabalhados", os giros, saltos, etc, que melhor se adequem à sua música. 

Depois que toda a música estiver coreografada é hora de revisá-la e ir corrigindo as imperfeições. Determine exatamente como será as posições das mãos e dos pés em cada passo, defina para qual lado você irá girar, enfim, preste atenção aos detalhes

Se o grupo tiver um espelho no local dos ensaios é ótimo, mas se não tiverem podem usar uma câmera ou celular para filmar e depois todos assistirem a fim de identificar erros de sincronismo e fazer as devidas correções. 

Alguns ministérios possuem os coreógrafos, em outros o próprio líder é quem monta as músicas e há ainda aqueles que preferem montar todo juntos, seja qual for o seu caso, escute todos do grupo, mesmo que você tenha montado tudo sozinho esteja aberto à sugestões e críticas, ou se você não participou do processo de montagem esteja pronto para ajudar caso seja necessário. O fato de você não ser o líder ou o coreógrafo do grupo não te faz menor que ninguém, assim, como o contrário também não te faz ser melhor. Pode ser que Deus fale a cada um de uma forma diferente, e juntando as ideias de todos a coreografia ficará muito melhor. 

Depois que tudo estiver pronto, seja honesto e veja se a mensagem a ser transmitida está realmente clara através dos movimentos escolhidos, e se for preciso mudar algo, mude. Comece tudo de novo se achar necessário, quantas vezes precisar, até que fique perfeita aos olhos de Deus. Ensaiem muito (Leia: "A Importância dos Ensaios"). E não se esqueça que tudo deve ser feito por Ele e para Ele. Amem?! 

Resumindo tudo, as dicas de hoje para montar uma coreografia são:
  • Ore sempre e esteja sensível à voz de Deus;
  • Ande sempre com um papel e caneta nas mãos;
  • Ouça a música várias vezes;
  • Preste atenção no ritmo da música;
  • Sinta música, feche os olhos e deixe fluir;
  • Monte um roteiro;
  • Insira a técnica;
  • Revise seu roteiro e corrija as imperfeições;
  • Preste atenção nos detalhes;
  • Filme os ensaios;
  • Escute todos do grupo;
  • Se for preciso mudar algo, mude.
Bom galerinha, essas foram as minhas dicas de hoje. Essa é a forma como eu monto, mas além dessa existem outras dicas também muito valiosas que estarei falando aqui futuramente. Fiquem todos com Deus!!!





Leia também:
Continue Lendo...

Pilates e o Ballet

A importância do Pilates para bailarinos


E aí leitores e leitoras do Blog Dança Cristã, tudo bem com vocês? Hoje eu quero dar uma dica muito boa para os bailarinos e bailarinas do Senhor, uma técnica muito útil para quem dança e principalmente para quem pratica balé. O Pilates. Você sabe o que é o Pilates? Bom, para quem não sabe eu vou explicar. 

O Pilates é uma técnica corporal saudável que trabalha a força e o alongamento de forma consciente. Envolve uma série de movimentos que podem ser feitos no solo ou com o apoio de aparelhos. Essa prática tem se tornado muito comum entre os bailarinos, que muitas vezes passam horas e horas treinando e se esforçando o que muitas vezes podem trazer sérias consequências para sua saúde. É justamente por isso que o Pilates tem um papel muito importante, pois além de melhorar a performance ele ainda previne lesões, trabalha o fortalecimento da musculatura, a respiração e a consciência da coluna que muitas vezes é a maior prejudicada nos exercícios de balé. 

Nós bailarinos ouvimos com frequência que dançar balé é moleza, mas sabemos muito bem que isso não é verdade, quem vê uma bailarina toda encaixada com uma postura impecável e uma leveza de dar inveja, não imagina o sofrimento que temos que passar para chegar nesse ponto. É muito treino, sacrifícios diários, e muita dedicação, é preciso muita força para dançar balé, e o Pilates ajuda muito, ele equilibra as forças do corpo, mantendo o alinhamento corporal e facilitando a mobilidade das articulações. Promove um perfeito equilíbrio entre a mente e o corpo. 

Este método também serve para aqueles bailarinos que já sofreram alguma lesão, pois durante as aulas é possível retreinar os músculos, adequando as forças. Não há dúvidas dos grandes benefícios que o Pilates traz, sua prática regular garante um corpo, flexível, alongado, bem alinhado, melhora os movimentos e garante a força muscular.

Portanto, se você pratica balé, ou mesmo que não pratique, apenas dança, mas deseja melhorar, aumentar sua flexibilidade, reeducar seus músculos e obter um corpo forte e alongado, fica a dica, o Pilates é um importante aliado para você!

Leia Também:
Continue Lendo...

Dinâmicas para Ministérios de Dança

Dinâmicas para grupos de dança


Hoje quero compartilhar com vocês um artigo que encontrei em um blog chamado "Dance for Jesus", achei muito interessante. São algumas dicas de dinâmicas para ajudarem no desenvolvimento dos Ministérios de Dança. Veja:

- Para trabalhar o espontâneo:
Faça uma roda, coloque uma musica se possível desconhecida e mande cada uma ir ao centro da roda e fazer a sua adoração a Deus, espontânea. Se for para rolar role, se for para só se prostrar só se prostre. Pode falar para quem sentir no coração ir até a roda. Ou pode ser quem você ir chamando. Ou você vai e chama alguém, que chama alguém e assim vai.

Para trabalhar a dança profética:
Faça um sorteio com nome das pessoas do grupo, mande cada um pegar é como um Amigo Secreto (amigo oculto). Cada um tira um nome se tirar o próprio troca, no próximo ensaio a pessoa traz uma mensagem para essa pessoa, não escrita mais na cabeça para ser falado. Pode ser um versículo ou mensagem mesmo. Quando chega o dia você coloque um instrumental e faça roda. Se possível comece por você dance a mensagem para a pessoa que você tirou, depois ela dança a mensagem para outra. Isso ajuda a colocar a mensagem que você que passar para dança. Mas avise sobre a dança só na hora.

- Para trabalhar expressão:
Em roda, vocês podem perceber que as dinâmicas que eu criei são tudo em roda. Alias nem sei se foi eu que criei na verdade galera eu nunca vi essas dinâmicas então por isso eu acredito que foi eu mais se já existir perdão é que eu não estou informada. Bem essa dinâmica será em roda, você coloca uma musica e a pessoa tem que dançar pela expressão nada de gestos, nada de passo apenas expressão. Transmitir a mensagem pela expressão.

- Para Trabalhar o pouco espaço:
Faça um quadrado no chão de 1 ou 2 metros, cada lado. Coloque duas pessoas dentro desse quadrado o objetivo é dançar sem sair do quadrado e sem encostar no outro. Eles terão que explorar as varias formas de conseguir dança em um espaço pequeno, para se caso for em uma igreja muito pequena conseguirá. A musica pode ser uma coreografia, ou até mesmo espontâneo. 1 m é muito pouco eu sei mais quando menor mais eles vão se esforça quando chega em um lugar pequeno não será problema o espaço. Faça isso até mesmo com coreografias montadas, depois que já montou e todos pegaram treinem em espaço maior e em espaço pequenos.

- Para trabalhar dupla:
Faça algumas coisinhas estranhas mas legais. Amarre os braços de duas pessoas, e peça para dançarem com os braços amarrados. Ou amarre as pernas (obs.: é apenas um braço ou uma perna), ou até mesmo amarre um braço e uma perna assim fazendo gêmeos siameses. O que isso vai ajudar? As duplas terão que fazer movimentos iguais porque se não um pode cair, isso exigira muito trabalho da dupla. Pode ser com dança espontânea ou coreografada.


- Outras dinâmicas: 
  • Se você perceber que as meninas do seu grupo estão muito agitadas e não estão conseguindo concentrar, tenha sempre um cd de musicas instrumentais, como flautas e piano. Mande todos deitarem deixar o corpo bem leve, ficar totalmente deitado no chão mas da posição que eles acharem melhor. Mande fechar os olhos e coloque a musica e mande-os concentrar na musica. Fique de pé monitorando se alguém conversar ou se vai e pede para parar mantendo todos de olhos fechados. Isso trás concentração e calma. 
  • Pode tirar as cadeiras da igreja ou arredar os bancos dando grande espaço, mandando eles corre em volta dela com uma musica agitada. E depois você pode ir falando: “dançando no chão.” Ai eles vão dançar. “Corra mais rápido”. Essas coisinhas, para trabalha a criatividade. “Dance agachado”. Coisas difíceis. 
  • Faça um amigo Secreto diferente, coloque os nomes de cada participante de grupo, e a pessoa vai tirar quem ela tirou ela vai orar pela pessoa e escrever uma carta para essa pessoa. 


Fonte: https://danceforjesus.wordpress.com/2010/02/17/dicas-de-dinamicas/





Leia também:
Continue Lendo...

Como agradar ao Senhor com a minha dança?

Como agradar ao Senhor com a minha dança?
"Sejamos agradecidos, e adoremos a Deus de um modo que o agrade" (Hebreus 12:28).

A Bíblia é clara ao dizer que devemos adorar a Deus de um modo que o agrade. Mas como podemos agrada-lo através da nossa dança? No post "Qual o Propósito do Ministério de dança?" eu falo sobre como fazer da dança uma forma de adoração ao Senhor. E lá também eu aponto a importância de o adorarmos em Espírito e em verdade. Se queremos agradar ao Senhor através de nossos passos e gestos precisamos que estes sejam totalmente voltados para Ele

Nós que fazemos parte de um ministério devemos ter compromisso com a obra de Deus. Não podemos ministrar na igreja e ao mesmo tempo dançarmos músicas seculares. Mesmo que seja em oculto e as pessoas não vejam, Deus vê! E Ele nos quer por inteiro. Não apenas uma parte de nós, mas todo o nosso coração, nossa alma, nossa mente, nosso tempo, nossa santidade e nossa obediência. Tudo que formos fazer deve ser em total dependência do Senhor, nem sempre a forma que queremos dançar é a mesma que Deus quer que dancemos, portanto devemos estar sensíveis à voz dEle, para fazer o que Ele nos manda fazer. 

A diferença entre dançar para o mundo e dançar para Deus está na direção. Quando dançamos focados no Senhor, com total entrega e dependência Dele, estamos direcionando nossa dança a Ele, porém quando Deus não é o foco, a direção passa a ser outros deuses: fama, estrelismo, pessoas, etc., estamos dançando para o mundo, para o diabo. 

A Bíblia diz: "O homem vê a aparência, mas o Senhor vê o coração" - 1 Samuel 16:7. Ou seja, quando dançamos as pessoas veem nossos passos e coreografias muitas vezes lindas e exuberantes, mas Deus enxerga além disso, Ele vê a postura de nossos corações. Ele sabe se estamos adorando verdadeiramente ou sendo fingidos. E meus amados, o Senhor odeia a hipocrisia. Se você não estiver com o coração totalmente voltado ao Senhor, não dance, pois Ele não se agrada de falsos adoradores, exibicionistas e hipócritas, Ele busca corações sinceros e verdadeiros, que faça tudo com amor e que represente esse amor por Ele.

A palavra de Deus nos ensina que o nosso corpo é templo do Espírito Santo: "Acaso não sabem que o corpo de vocês é santuário do Espírito Santo que habita em vocês, que lhes foi dado por Deus, e que não são de vocês mesmos?" - I Corintios 6:19. Por esse motivo devemos ter muito cuidado com o que vamos fazer com ele. Quando dançamos temos o privilégio de sermos usados pelo próprio Deus, pelo próprio Espírito Santo dono do nosso corpo, por isso quando nossa dança não é direcionada a Deus, ela torna-se oca, vazia. 

É necessário entregar-se ao Senhor em verdadeiro louvor, ministrar vidas através de gestos e uma dança santa, evitando expor o corpo, e sendo cauteloso para que os movimentos não reflitam sensualidade e sim adoração. Santidade é o que todos devem buscar. Uma forma de busca-la é através da consagração, que significa separação, a busca pela presença de Deus em oração. É uma forma de estar em comunhão com o Espírito Santo e abster-se do pecado. O Salmos 24:3-4 diz: “Quem subirá ao monte do Senhor, ou quem estará no seu lugar santo? Aquele que é limpo de mãos e puro de coração, que não entrega a sua alma à vaidade...” É assim que devemos nos apresentar diante do Senhor, com as mãos limpas, o coração puro e sem vaidade. Através de orações, jejum, consagração, podemos tocar o coração de Deus e fortalecer nosso espírito rumo a uma luta incessante contra o pecado, só assim alcançaremos a santidade. 

O ministro da dança precisa ter cuidado com suas vestes que não devem mostrar o corpo, o correto seria que as roupas utilizadas fossem separadas e guardadas. O grupo precisa levar a sério os ensaios, treinar bastante, emprenhar-se na obra de Deus, dedicar-se, além de buscar estudar juntos a palavra, para que cresçam em entendimento e sabedoria. Confraternizações e projetos fora da igreja também são importantes. Isso mantém o grupo sempre motivado e fortalece a união dos membros. 

Outra forma de agradar a Deus é sendo quem você é. Parem de querer copiar de outros grupos, outras pessoas! Se Deus te deu o dom, Ele também te deu a capacidade de criar. Os passos não vem de nós, mas do Espírito Santo. Não estou dizendo que é proibido copiar uma coisinha ou outra de alguma apresentação que você tenha visto, estou falando daqueles ministérios que se sentem incapazes de criar algo para Deus e ficam copiando tudo. Entenda uma coisa: SUA FONTE DE INSPIRAÇÃO DEVE SER O ESPIRITO SANTO E NÃO O YOUTUBE! Se você está com dificuldades para montar suas coreografias ou até mesmo na ministração de dança espontânea é sinal de que algo está errado. Talvez falta oração, ou comunhão com o Espírito Santo, reveja seus conceitos e descubra onde está errando. Peça a direção do Senhor, sempre que for fazer algo e coloque Ele a frente de tudo que for fazer. Escute ideias de todos do grupo, dedique mais tempo a treinos e ensaios. Corrija o que for necessário. E seja humilde, diante do Senhor e das outras pessoas. A humildade também é muito importante para um servo de Deus: “O galardão da humildade é riqueza, honra e vida". - Pv. 22:4; “Diante da honra vai a humildade." - Pv 15:33; “E qualquer que entre vós quiser ser o primeiro seja o vosso servo." - Mt. 20:27. 

Líderes, não queiram fazer tudo sozinhos, escute seus liderados, peça sugestões, aceite as críticas, seja humilde. Se empenhe em aprender mais, para ensinar melhor, não guarde seus conhecimentos tudo para você, procure consagrar seus grupos a Deus. Membros, escutem seus líderes, eles foram colocados nesta posição não porque queriam mas porque Deus os escolheu. Obedeça a eles e principalmente a Deus. Evitem as intrigas e fofocas no meio de vocês. O Espírito de Deus não opera na divisão. Sejam unidos, ajudem-se uns aos outros e ajudem seu líder. Orem uns pelos outros, amem uns aos outros e sejam um verdadeiro instrumento divino na vida das pessoas. 

A dança precisa ser ministrada buscando levar uma palavra profética de consolo, força, quebrantamento, alegria, salvação... Ela precisa edificar e ser totalmente voltada para o Senhor, porque se o que fizermos não for para Deus então para quem será?

Resumindo, para agradar ao Senhor com sua dança é preciso:
  • Que seus passos e gestos sejam totalmente voltados para Deus;
  • Ter compromisso com a obre de Deus;
  • Estar sensível à voz de Deus;
  • Entregar-se ao Senhor em verdadeiro louvor;
  • Tomar cuidado com as vestes, evitando expor o corpo;
  • Ser quem você é;
  • Pedir a direção do Senhor sempre que for fazer algo;
  • Escutar as ideias de todo grupo;
  • Dedicar mais tempo aos treinos e ensaios;
  • Ser humilde diante do Senhor e das outras pessoas;
  • Evitar intrigas e fofocas no grupo, cultivando a união;
  • Edificar;
 Eu espero que você guarde essas dicas em seu coração e comece a colocá-las em prática hoje mesmo. 


Vamos orar: 
Senhor, eu entro agora na tua presença Pai, e te peco que venha me mostrar o que há em mim que precisa ser mudado. Se tenho feito algo que precise ser corrigido mostre-me, se tenho desagradado o teu coração perdoa-me Senhor. Sou falha, cheia de erros, mas quero me apresentar limpa diante do Senhor, quero ter uma vida em santidade, para poder agradar o teu coração. Me dê humilde, me ensina a ouvir, a obedecer, não somente a ti meu Deus, mas também aos meus líderes. Que haja respeito entre mim e meus colegas, que nosso ministério possa ter como foco agradar ao Senhor. Que nossa adoração seja verdadeira, que nossos passos sejam voltados unica e exclusivamente para Ti. Tira do meu coração todo sentimento ruim, me dê sabedoria e discernimento para que eu possa fazer aquilo que queres que eu faça e que eu ministre uma dança com santidade ao Senhor. Eu oro em nome de Jesus. Amém. 

A paz do Senhor amados, fiquem com Deus!!!



Leia também:
Continue Lendo...

Qual o propósito de um Ministério de Dança?

Qual o propósito de um Ministério de Dança?


O Ministério de Dança assim como qualquer outro, possui três propósitos principais: adoração, ministração da palavra e evangelização. Vamos falar primeiramente da adoração:

Você já se perguntou qual a diferença entre dançar e adorar? Como podemos adorar a Deus através de nossa dança? Bom, vamos entender a diferença entre esses dois termos: Dançar é a arte de movimentar expressivamente o corpo seguindo movimentos ritmados. E adorar significa gostar exageradamente de, prestar culto, reverenciar, amar muito, venerar. Adoração quer dizer também entrega, honra. Agora que você já sabe a diferença entre os termos, vamos descobrir o que significa de fato adorar ao Senhor através da dança.

Adorar vai muito além de dançar. Não basta criar passos lindos e maravilhosos, que impressionem os homens, é preciso mais que isso. Quando dançamos nosso principal objetivo deve ser tocar o coração de Deus, devemos nos mover em direção a Ele, só assim as pessoas poderão ser tocadas através de nossos movimentos, podendo até ser curadas e libertas. Será que você está dançando para adorar ao Senhor ou apenas por dançar? O fato de estar incluído em Ministério não te faz um adorador. Cada pessoa deve ter em sua intimidade com Deus uma vida constante de adoração, aquela oração que ninguém vê, aquele jejum que só você e Deus sabem, enfim, a adoração deve ser um estilo de vida, de cada cristão, para que quando formos adorar ao Senhor junto com a igreja estaremos apenas fazendo uma extensão da vida que já temos de adorador. Se você não dança na sua casa sozinho no seu quarto, enquanto ora, ou enquanto louva ao Senhor na sua vida diária, e faz isso apenas quando há outras pessoas olhando você deve se questionar se sua dança está sendo realmente direcionada a Deus ou ás pessoas.

“No entanto, está chegando a hora, e de fato já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade. São estes os adoradores que o Pai procura. Deus é espírito, e é necessário que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade” - João 4:23-24. É preciso que sejamos verdadeiros adoradores, adorar a Deus através da nossa dança é entregar-nos a Ele no mais profundo de nosso ser, ter uma intimidade, se prostrar, se humilhar. Não temos que dançar apenas para preencher a programação dos cultos, nem entrarmos neste ministério somente porque não nos encaixamos em outros. A dança deve ser levada a sério, com o mesmo cuidado que temos ao pregar ou ministrar o louvor. Nossa adoração precisa ser pura e sincera, o dom nos foi dado por Deus para que possamos engrandecer o seu nome sobre a terra e para que pessoas sejam alcançadas, curadas, libertas, restauradas, assim como acontece durante a ministração do louvor. Precisamos plantar uma semente no coração de cada um, esse é o nosso papel, o Espírito Santo é quem fará com que essa semente cresça e germine, mas precisamos fazer a nossa parte, usando o dom que Deus nos deu de maneira correta e agradável aos olhos do Senhor. A partir do momento em que não há unidade no ministério ou não há comunhão com Deus, amor e respeito aos seus mandamentos, a sua dança deixa de ser uma adoração.

A ministração da palavra e a evangelização andam juntas, um ministério como o próprio nome diz, deve ministrar a palavra, ou seja levar a palavra de Deus para as pessoas. Jesus ordenou: “Ide por todo mundo e pregai o evangelho a toda criatura” - Marcos 16.15. Mas Pregar o evangelho não é apenas ir à frente de um púlpito e começar a explicar versículos bíblicos, ou pegar uma musica e começar a cantar, não! Existem diversas formas de evangelização e a dança também é uma delas, por esse motivo devemos dançar não por dançar apenas, mas procurando levar uma mensagem através de nossos movimentos, oferecendo uma adoração sincera ao Senhor e buscando tocar os corações daqueles que estiverem nos assistindo. Nosso alvo deve ser atrair as pessoas e não sermos atraídos por elas. Por isso tudo deve ser feito tendo como base a oração e a palavra de Deus, é importante orar pedindo sabedoria e discernimento para transmitir a mensagem de forma correta e agradável ao Senhor.

Atualmente vemos muitos ministérios de dança, cada dia que passa está se tornando mais comum dançar nas igrejas, mas será que estamos realmente sendo instrumentos do Espírito Santo? Ou estamos buscando aparecer? Eu pergunto aos ministros: Você tem feito da dança uma verdadeira adoração ao Senhor, ministrando com o propósito de salvar vidas e pregar o evangelho ? Ou está no ministério simplesmente porque se considera um bom dançarino, que possui um corpo bonito e boas técnicas? Você tem uma vida de adorador, uma intimidade com o Espírito Santo que te faz dançar mesmo quando está sozinho ou esta procurando apenas ocupar um lugar de destaque na sua igreja e dançando somente quando outras pessoas estão olhando? Você tem usado a dança para a edificação da igreja ou apenas para seu benefício próprio? 

Reflita, e a partir de hoje aceite o desafio de ter uma vida de verdadeira adoração ao Senhor, e usar seus dons e talentos para edificar e modificar o coração das pessoas. Deixe Deus usar você conforme a vontade dele.


Ore comigo:
Deus, com sua infinita bondade e misericórdia, me colocaste em um ministério e me confiaste uma missão: ministrar a tua palavra ao coração das pessoas, através da minha dança, uma forma tão bela de adorar. Não sei se o que tenho feito até aqui tem agradado ao Senhor, mas aceito o desafio de me tornar um verdadeiro adorador, e fazer da minha dança uma forma de alcançar o teu coração. Quero agradar-te com meus movimentos. Quero aprender cada dia mais não para meu benefício próprio, mas para a glória e honra do Senhor. Que a minha dança seja ministrada única e exclusivamente para ti. Ensina-me Senhor a dançar conforme a tua vontade. Usa-me Senhor, que eu possa ser um canal de bençãos na minha igreja e também para todos a minha volta. Obrigada pelo dom que me destes, quero usa-lo para ministrar a tua palavra, evangelizar e principalmente para adora-lo. Eu te amo Deus, eu oro em nome de Jesus. Amém.

Que a paz do Senhor esteja com você!!!




Leia também:
Continue Lendo...

O que a Bíblia diz sobre a dança

"Louvai ao Senhor com danças" - Salmos 149:3
"Louvai ao Senhor com danças" - Salmos 149:3

Muitas pessoas têm duvidas sobre a ministração da dança nas igrejas, alguns dizem que é errado, que Deus não aprova, outros já veem a dança como uma forma de louvor e adoração. Mas o que a Bíblia diz sobre isso? Dançar na igreja é certo ou errado?

Assim como nos dias atuais vemos danças com estilos e propósitos diferentes, as danças na Bíblia também não são todas iguais e nem todas possuem o mesmo sentido. É possível observar em várias passagens bíblicas que muitas danças foram uma expressão de alegria, regozijo, louvor e celebração diante de Deus. Podemos vê-la ainda como um sinal de gratidão a Deus, como aconteceu com Miriã, que dançou com as mulheres de Israel em gratidão ao Senhor pelo livramento que lhes foi dado: “Então Miriã, a profetisa, irmã de Arão, tomou na mão um tamboril, e todas as mulheres saíram atrás dela com tamboris, e com danças. E Miriã lhes respondia: Cantai ao Senhor, porque gloriosamente triunfou; lançou no mar o cavalo com o seu cavaleiro.” - Êxodo 15: 20-21

Miriã não pegou o tamboril e saiu chamando as outras mulheres, pelo contrário, as mulheres é que saíram atrás dela, isso aconteceu porque a verdadeira adoração contagia quem está por perto. Quando fazemos algo para chamar a atenção de Deus, Ele manda o seu Espírito Santo, para tocar e quebrantar os corações daqueles que estão ali nos assistindo. 

Há ainda a história de Davi, que dançou em comemoração à volta da arca da aliança para a cidade de Jerusalém, a Bíblia diz que ele dançou com todas as suas forças na presença do Senhor, ou seja, ele estava oferecendo a Deus o seu melhor, um momento de verdadeira adoração ao Pai: “E Davi dançava com todas as suas forças diante do Senhor; e estava Davi cingido de um éfode de linho. Assim subindo, levavam Davi e todo o Israel a arca do Senhor, com júbilo, e ao som das trombetas.” - 2 Samuel 6:14-15. Davi dançou diante da arca, que era a real presença de Deus entre os israelitas. 

Algumas pessoas não concordam que a dança seja aceita por Deus, pois Davi e Miriã dançaram, mas ele pecou em adultério e ela ficou leprosa. Porém, Davi não pecou porque dançou e sim por não guardar seus desejos. Assim como o pecado de Miriã foi por sua rebeldia contra seu irmão e não pela sua dança. 

Outro relato da dança na Bíblia é na volta do filho pródigo, uma parábola onde Jesus ilustra a relação do homem com Deus e a alegria que existe no céu quando um pecador se arrepende. Ao retornar para casa o filho que estava perdido é recebido com danças e musicas: "Enquanto isso o filho mais velho estava no campo; quando se aproximou da casa ouviu a musica e a dança" - Lucas 15:25. Além desses exemplos, podemos ver outras passagens em que a dança foi citada na Bíblia:

  • "Louvem ao Senhor com tamboris e danças" - Salmos 150:4.
  • "Eu a edificarei mais uma vez, ó virgem, Israel! Você será reconstruída! Mais uma vez você se enfeitará com guizos e sairá dançando com os que se alegram" - Jeremias 31:4
  • "Então as moças dançarão de alegria, como também os jovens e os velhos. Transformarei o lamento deles em júbilo; eu lhes darei consolo e alegria em vez de tristeza." - Jeremias 31:13
  • "Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu. Há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou; Tempo de matar, e tempo de curar; tempo de derrubar, e tempo de edificar; Tempo de chorar, e tempo de rir; tempo de prantear, e tempo de dançar" - Eclesiastes 3:1-4

Por outro lado, na Bíblia também encontramos danças como um aspecto sensual, usada para agradar os homens, como podemos ver em Marcos 6:22: “Quando a filha de Herodias entrou e dançou, agradou a Herodes e aos convidados.” Assim como a filha de Herodias, podemos ver a maioria das danças mundanas praticadas hoje envolvendo sensualidade e pensamentos impróprios. Mas isso não impede que a dança seja praticada dentro das igrejas. Podemos louvar a Deus com musicas, aplausos e porque não com dança? Porém, tudo deve ser feito com muita ordem e decência (I Coríntios 14:40). Não é correto usar roupas inadequadas que expõem o corpo ou ainda criar coreografias com passos sensuais que gerem pensamentos impuros nas pessoas, porque isso sim não agrada ao Senhor.

Quando estávamos no mundo cantávamos de uma forma, depois de convertidos continuamos cantando, mas de uma maneira correta para adorar ao Senhor, então porque não dançar também de uma nova maneira? Não por puro prazer carnal, mas para o único que é digno de toda honra e toda glória. As pessoas no mundo dançam para alimentar a carne e agradar ao diabo, então porque não dançar para adorar aquele que é o nosso Senhor? Será que Deus merece menos que o diabo? Se não podemos ter grupos de dança nas igrejas também não podemos ter pastores, já que muitos pregam buscando enriquecer, visando apenas o lucro, também não podemos cantar, pois muitos fazem da música uma profissão, querem ganhar dinheiro, aparecer, ter fama. A Bíblia diz em 1 Corintios 10:31-32: "Portanto, quer comais quer bebais, ou façais, qualquer outra coisa, fazei tudo para glória de Deus. Não vos torneis causa de tropeço nem a judeus, nem a gregos, nem a igreja de Deus." Quando a palavra fala QUALQUER OUTRA COISA acredito que a dança esteja incluída, o erro não está em dançar, mas em não fazer da dança uma verdadeira adoração. Portanto, se você está dançando exclusivamente para o Senhor, adorando a Ele com toda a sua força e oferecendo o que você tem de melhor, não precisa se preocupar porque Deus está recebendo sua adoração.

É necessário compreender que são os pensamentos do homem que o contamina, um grupo pode estar apresentando maravilhosamente, mas se alguém não estiver com o pensamento em Deus pode acabar pecando, pois para os puros, tudo é puro, mas para os contaminados tudo tem defeito (Tito 1:15).

Cada um recebe de Deus um dom específico, alguns são capacitados para cantar, outros para evangelizar, uns pregam e há ainda aqueles que fazem teatros, então porque não dançar? Porque só a dança é pecado? Existem musicas no mundo com letras pornográficas, desprezíveis de se ouvir, mas mesmo assim cantamos para o Senhor então porque não podemos dançar? A dança também é uma forma de adoração, uma atitude de gratidão e regozijo. Não importa onde você dança, no quarto, na sala, em um momento de confraternização, na igreja... Se Deus for o foco, se Deus for o motivo, se Deus for o centro, você não está pecando. Dance, desde que o faça alimentado por um espírito de alegria, comunhão e louvor a Deus.

Infelizmente ainda existem dentro das igrejas pessoas sinceras e pessoas hipócritas, pessoas vaidosas, fanáticas, competitivas, há muita maledicência, falsa santidade, inveja, onde o foco passa a ser o estrelismo, a fama, porém, somente a Deus compete separar o trigo do joio. E Ele não deixará sem punição aqueles que se levantarem contra os ministros que Ele escolheu para atuarem em seu ministério.


Vamos orar? 
Senhor Deus, digno de toda honra e toda glória, digno de todo louvor e adoração, eu lhe peço que me ensine a dançar de uma forma que agrade o teu coração, guiada pelo teu Espírito Santo. Enche-me Senhor, de unção, que pessoas possam ser tocadas e corações possam ser alcançados através da minha dança. Eu quero dançar para a tua glória Senhor, eu quero dançar com todas as minhas forças como fez Davi. Quero lhe dedicar inteiramente meus passos, gestos e movimentos. Se não for para te adorar para que nasci? Receba minha dança como uma forma de adoração sincera ao Senhor. Obrigada Pai por confiares em mim, por me colocar no teu ministério. Eu oro em nome de Jesus. Amém.

Fiquem na paz, Deus abençoe sua vida!!!



Leia também:
Continue Lendo...

© Milene Oliveira - 2018 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design |
imagem-logo