segunda-feira, dezembro 28, 2015

A Mulher V

Capa do livro A Mulher V


Estamos na última segunda-feira do ano, 2015 está terminando e eu não poderia deixa-lo acabar, sem antes recomendar um livro, que sem dúvidas, foi um grande aliado para mim durante todo este ano. Ele não fala sobre dança e é direcionado para as mulheres. O nome do livro é: "A MULHER V" da belíssima Cristiane Cardoso, autora de "Melhor do que comprar sapatos" e "Casamento Blindado".

A autora mostra um tipo de mulher diferente, que não vive segundo os padrões impostos pelo mundo de hoje, mas segundo a Bíblia. Foi escrito inspirado no livro Bíblico de Provérbios e nos ensina como ser uma mulher virtuosa, com qualidades e valores que o tempo não apaga. 

O livro contém 20 segredos do tipo de mulher ideal segundo a palavra de Deus. Eu aprendi muito ao ler e indico para todas as meninas, jovens e mulheres que desejam se tornar uma verdadeira mulher virtuosa.

Você pode encontrar este livro em diversas livrarias em todo país, mas vou deixar o link de onde eu comprei: Livraria Saraiva.

Para finalizar, confira alguns trechos do livro que separei para vocês:

"Muitas mulheres querem ter a sua própria família, um marido, filhos para criar e um lar para cuidar. Mas é engraçado como muitas delas se esquecem completamente das coisas que tanto queriam no momento em que as conquistam..."

"Talvez, durante toda a sua vida você aprendeu a aceitar as coisas como elas são. Se é pobre, então foi isso o que a vida reservou para você; aprenda a conviver com isso. Se é uma pessoa solitária é porque merece, por causa de todas as coisas que você fez ou deixou de fazer. Mas, e se mudasse o seu jeito de pensar? E se começasse a trilhar um outro caminho, aquele misterioso que sempre achou que fosse bom demais para você? E se decidisse hoje ser a mulher que merece ser, em vez da mulher que você é?"

"A mulher sábia teme a Deus. Como  obter sabedoria sem temor a Deus?  Para isso é necessário buscá-Lo.  Muitos querem mudanças a respeito de vários assuntos em suas vidas. Mas sentem-se bem em sua “zona de conforto”, não se esforçam para alcançar o que desejam porque acham que seus atos e esforços até então já são suficientes."

"Ela não dá desculpas, mas está sempre se esforçando por aprender coisas novas. Ela não se acomoda em depender dos outros, mas luta para conseguir autonomia."

"Ela é diferente, não porque chama atenção pela sua beleza, mas pela sua essência, pelo que há dentro dela."

"Ela não se sente incapaz. Ela sabe que é Deus quem a capacita e confiando nisso age! Mesmo que suas primeiras tentativas de fazer algo não deem o resultado esperado, ela não se abate e segue até conseguir. Ela não desiste. Ela é insistente. Ela persevera confiando em Deus."

"Ela não se importa só consigo mesma, com suas necessidades. Ela se importa com os que a cercam e busca fazer sempre o bem."

“Ela lhe faz bem e não mal, todos os dias da sua vida” (Provérbios 31:12)

sexta-feira, dezembro 18, 2015

Dançar para Deus não é



Dança na igreja não é espetáculo


Dançar para Deus não é fazer show e nem uma forma de chamar a atenção ou aparecer. Não é uma competição de quem dança melhor ou quem tem a veste mais bonita. Dançar para Deus também não é fazer movimentos sensuais e nem mostrar o corpo. Pelo contrário, nosso corpo é templo do Espírito Santo e devemos cuidar bem dele, permanecendo sempre santos no altar. Nossas vestes não devem ser decotadas ou muito justas, nem mostrar as pernas pois, nosso corpo não deve ser um objeto de desejo, mas um instrumento de adoração ao Senhor. 

Dançar para Deus não é um hobbie, nem algo que você faz só porque gosta ou acha bonito, dançar para Deus é coisa séria, e tem que ter um propósito. Nossa dança precisa tocar o coração de Deus. Não podemos dançar pensando em receber recompensas ou aplausos. Deus não divide a glória dEle com ninguém. 

Dançar para Deus não é fazer passos bonitos, movimentos magníficos ou apenas um levantar de pernas e braços. Também não é algo que você possa levar na brincadeira e fazer por fazer apenas. Não podemos dançar de qualquer maneira, assim como não devemos pensar somente na técnica. (Leia: "O que é mais importante, a técnica ou a unção?"). 

Dançar para Deus não é exibir um talento ou uma forma de se promover e mostrar o que você sabe, Deus não se preocupa se você tem 10 anos ou nenhum de balé ou qualquer outro tipo de dança, o que ele quer mesmo é o seu coração. 

A dança na igreja, diferente do que muitos pensam, não é um espetáculo. Dançar para Deus é abrir o coração e renunciar seu próprio eu, é dar espaço para que o Senhor se manifeste em cada movimento executado. Como ministros de dança precisamos buscar constantemente receber o novo de Deus. Não podemos subir no altar com o coração cheio de amargura e egoísmo. Não fomos chamados para satisfazer nossas vontades carnais, mas para adorar a Deus com nosso talento e através disso alcançar vidas para o reino.

Deus busca corações quebrantados e sinceros, servos dispostos a doar-se por inteiro ao ministério que lhes foi confiado. Será que você tem sido este servo? Este post de hoje é uma espécie de alerta a todos os ministros, pois, muitos estão se perdendo a cada dia um pouco mais, fugindo do propósito de Deus... Ministros querendo se tornar celebridade, ministros que querem ser estrelas, que estão fazendo do altar um palco onde sobem buscando estrelismo e fama, que isso gente? Não podemos permitir que nosso ministério seja corrompido por falta de entendimento, compromisso ou mesmo por falta de vontade. Então vamos fazer nossa parte, e não se esqueçam: "Porque dele e por ele, e para ele, são todas as coisas; glória, pois, a ele eternamente. Amém." - Romanos 11:36.




Leia também:

quarta-feira, dezembro 09, 2015

Restauração Espiritual

Restauração Espiritual
"Como barro nas mãos do oleiro, assim são vocês nas minhas mãos" - Jeremias 18:6


Hoje vamos falar sobre RESTAURAÇÃO, que significa renovação, fortalecimento, restituição... Restaurar é restabelecer, refazer algo. Deus está sempre disposto a nos restaurar das quedas do pecado e da morte espiritual, muitas vezes causada pelo cansaço e o desgaste do dia a dia. Mas para que serve a restauração? E porque preciso dela? Como ser restaurado?

Todos os dias somos quebrados, esmagados, pelas lutas, pelas provações... Muitas vezes cometemos falhas, nos afastamos de Deus e acabamos caindo, mas o Senhor está sempre pronto para nos colocar de pé outra vez. A restauração serve para isso, para nos dar ânimo, para revitalizar nossas forças... Ela nos traz santidade, afasta-nos do pecado, através dela, Deus transforma o nossa caráter. Nossa comunhão com o Espírito Santo também é restabelecida, despertando novamente em nós, o primeiro amor.

Tem alguma área na sua vida que precisa ser restaurada? Seja qual for o seu problema, sua família que está destruída, dependência de drogas ou álcool, doença, desemprego, dívidas... Se você está vivendo em pecado ou na frieza espiritual, ou se simplesmente você se sente casado e abatido, sem forças para seguir em frente, não importa o tamanho do estrago que esteja sobre a sua vida, Deus restaura até os mais sujos de lama, e deixa-os novos, brancos como a neve. 

Para ser restaurado você precisa se colocar nas mãos do oleiro e permitir que Ele refaça o vaso quebrado, lhe dando uma nova forma e uma nova beleza.  Mas a restauração não depende só de Deus, depende de você também, você é quem precisa despertar o desejo de ser restaurado, você é quem precisa se confessar para o Senhor, arrepender-se e pedir perdão de seus pecados. É preciso nascer de novo somente assim Deus poderá agir na sua vida. 

A restauração vem de dentro para fora, é um processo, portanto precisa ser diária. Quem permanece sempre renovado não perde o ânimo, é purificado e consegue vencer as batalhas do dia a dia. Este processo é muito doloroso, as vezes, pois Deus faz tudo com excelência, Ele tira toda a sujeira, e isso machuca. Mas quando permitimos que o Senhor trabalhe em nós, os resultados são maravilhosos. Se você precisa da restauração do Senhor, peça a Ele hoje mesmo e dê liberdade para que Ele te quebre quantas vezes for necessário e te refaça novamente. 

Deus abençoe você!!!




Leia também:

terça-feira, dezembro 08, 2015

Quando Deus me pediu as sapatilhas


Quando Deus me pediu as sapatilhas - Gisela Matos


"Mas percebi que para ter acesso ao coração das pessoas, eu precisava me achegar mais e mais ao coração de Deus."

"Quando Deus me pediu as sapatilhas, aprendi a dançar com Ele."

"Lembre-se de uma coisa: Você não é nem será o único a ser desacreditado; isso faz parte do processo; as pessoas em sua maioria agem como Tomé: têm que ver os resultados. Mas isso não pode fazer com que você desista ou vacile com relação ao propósito que Deus colocou em sua vida. Olhe para isso como um incentivo a fazer cada vez melhor para Deus."

 "No momento em que Deus chamou você, Ele já tinha um destino para você, um sonho."

"Deus não está procurando pessoas prontas; Ele quer formar seu coração."

"Sua dança não é apenas para emocionar as pessoas, mas para trazer a glória de Deus."

"Se Deus está mexendo em alguma área de sua vida, não desista; com certeza, Ele fará de novo e de uma forma melhor."

"Para termos um bom resultado, precisamos aprender a viver cada fase do processo, por mais doloroso que possa parecer."

"A profundidade do processo que Deus usa para nos preparar, vai muito além do que meras convicções; nunca pensei que teria forças para passar por tudo isso, mas hoje sei que tudo posso naquele que me fortalece!"

"Corajoso é aquele que, mesmo com medo, prossegue em obediência a Deus."

"Responder a um chamado de Deus é um ato de extrema coragem, pois a partir desse momento a nossa vida passará por uma série de mudanças."

"De nada adianta dizer que tenho um chamado e não andar em direção a ele, ficar parado, esperando que outros invistam em mim."

"Na verdade, o chamado de Deus é só o início de um grande processo de aprendizado."

"É comum pensarmos que no momento em que Deus nos chama, tudo já está resolvido em nossa vida; julgamos que o fato de entendermos aquilo que Deus quer para nós já nos torna totalmente aprovados diante Dele. Deus chamou Saul e o ungiu, porém ele não foi aprovado."

"Os momentos mais críticos e difíceis que passei acabaram por se tornar elementos desencadeadores de uma paixão profunda por Deus."

"Muitas pessoas me olhavam como se eu fosse uma caverna escura, mas o Senhor estava produzindo um jardim para seu proveito, em um ambiente silencioso e de lágrimas."

"Hoje, entendo que as dificuldades tornaram meus sonhos completos em Deus."


Estes são apenas alguns trechos e frases do livro "Quando Deus me pediu as sapatilhas", a minha indicação de hoje. Um livro muito bom, que nos leva a refletir profundamente a respeito de nosso chamado, apresentando histórias reais, de alguém que confiou no Senhor e entregou tudo nas mãos dEle, que passou por situações muito difíceis, sofreu, foi caluniada, enfrentou preconceitos, mas escolheu confiar no Senhor e foi fortalecida. Uma pessoa que viveu experiências únicas com o Senhor, que teve todos os motivos para abandonar o chamado de Deus para sua vida, mas que não desistiu e conquistou a vitória. 

Estou indicando este livro porque passamos por dificuldades diariamente, as vezes até pensamos em desistir, em abandonar tudo, mas através desta leitura, recebi um renovo de Deus e pude entender que meu chamado vai muito além da dança. Ele é um ótimo auxílio para quem perdeu o foco ou esfriou em seu ministério, pois nos ensina a ter fé e enfrentar as dificuldades entregando tudo nas mãos de Deus, para que possamos receber o melhor de dEle. 

Eu indico não apenas para quem dança, mas para todos que queiram conhecer histórias fortes que vão te impactar e ensina-lo a descansar no Senhor. O livro é um testemunho e quase que uma biografia da autora, Pastora Gisela Matos. A editora é Profetas da Dança e o link para comprar o livro é este -> Quando Deus me pediu as sapatilhas - Gisela Matos




Leia também:

domingo, dezembro 06, 2015

Deixe sua luz brilhar!

Deixe sua luz brilhar!
"Assim, brilhe vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem vosso Pai que está nos céus." -  Mateus 5:16


Quando Jesus diz para deixarmos nossa luz brilhar para os outros, você sabe o que Ele quer dizer com isso? Porque temos que permitir que a nossa luz brilhe? A resposta é simples: para que através de nossa vidas, as pessoas glorifiquem a Deus! Devemos viver de forma que elas olhem para nós e engrandeçam ao nome do Senhor. Mas como podemos fazer isso? De diversas formas: através do exemplo, do bom testemunho, sendo obedientes a Deus, a nossos pais e aos nossos líderes espirituais; fugindo das fofocas entres amigos, vizinhos, parentes e etc.; estudando a Bíblia, desenvolvendo bons hábitos, vencendo a preguiça; sendo honestos; humildes; não revidando ofensas ou insultos; ajudando as pessoas; amando os inimigos... Estas são pequenas atitudes que podemos tomar para fazer a diferença, desta forma todos verão que tem algo em nós e despertarão a curiosidade de conhecer esse "algo" que temos. A luz representa tudo aquilo que é bom, puro, verdadeiro, santo e confiável. Precisamos prestar atenção nas coisas que estamos dizendo, pensado e nos envolvendo. O que você tem feito? Com quem você tem andado? Será que a sua luz tem brilhado?

Outra forma de deixar a nossa luz brilhar é quando nos alegramos nas provações. Muitas pessoas só acreditam que há algo de diferente em nós, quando nos vêem passando por um sofrimento que provavelmente iriam causar-lhes desespero, mas que em nós o efeito é outro. Quando você sorri, mesmo querendo chorar, dá graças mesmo em meio as tribulações e mantém o coração tranquilo porque confia que o Senhor é fiel para lhe ajudar a passar pela dor, você está dizendo para as pessoas: "Eu sou diferente, eu tenho algo em mim, eu creio em um Deus, eu confio que meus problemas estão no lugar certo, nas mãos do Senhor". Todos vão querer saber de onde vem essa força que te mantém de pé, mesmo com tudo desabando. Isso é a sua luz, brilhando para as outras pessoas. Quando você deixa sua luz brilhar, o nome de Deus é glorificado, amém?! 

Deixe sua luz brilhar!!!




Leia também:

sábado, dezembro 05, 2015

Prepare-se, Jesus está voltando!

Prepare-se, Jesus está voltando!!!
"Portanto, vigiem, porque vocês não sabem em que dia virá o seu Senhor.” - Mateus 24:42


Hoje eu resolvi escrever sobre um assunto muito falado, mas que as pessoas não dão a mínima e não costumam levar muito a sério: A volta de Jesus! Sempre fico mal quando vejo alguém dizendo que não acredita que Jesus vai voltar. Só de pensar no que está reservado para esta pessoa caso não se arrependa, já fico angustiada. Pensar que eu posso ir para o inferno também me apavora, essa ideia nem passa pela minha cabeça, porque acredito que vou morar com Deus. Não queria que ninguém conhecesse o inferno, mas isto é inevitável e tem pessoas que vão para lá. Mas não é essa a minha motivação para servir ao Senhor, até porque não gosto muito de ficar pensando nisso, prefiro pensar no céu e nas coisas que Deus está reservando para mim. Mas isso também não me motiva tanto quanto o amor que tenho por Jesus e pela obra. Eu tenho em mim um desejo enorme de retribuir a Ele o que fez por mim, por acreditar em mim, por se entregar em meu lugar mesmo antes de eu nascer. Antes mesmo de amá-lo, Ele me amou primeiro e é por isso que hoje, o mínimo que posso fazer, depois de tudo, é entregar minha vida para Ele, e foi o que eu escolhi, abrir mão de tudo e viver pra Jesus.

Não é fácil abandonar tudo e seguir a Cristo, mas vale a pena! (Leia: "Viver com Jesus não é fácil, mas vale a pena!") A alegria do mundo é passageira, os momentos de prazer acabam e só ficam o arrependimento. É um vazio que procuramos de todas as formas preencher, mas não conseguimos, sempre falta algo, pelo menos comigo foi assim. Antes de conhecer Jesus eu sentia um vazio terrível, procurei preencher de diversas maneiras mas nada deu certo. Somente com Jesus é que pude me sentir completa. Viver com Jesus é ter a certeza de que mesmo em meio as dificuldades, a vitória é certa no final, e podemos ter a certeza de que as lutas passadas aqui na Terra são passageiras, pois Deus enxugará de nossos olhos toda a lágrima e não haverá mais dor, nem pranto, nem clamor, porque todas estas coisas serão passadas e tudo se fará novo. Quem não anda com Cristo já está condenado ao lago de fogo e enxofre, onde haverá ranger de dentes e dor. Mas o que está preparado para aqueles que o amam a nada se compara, é muito mais do que podemos imaginar. Já pensou morar em uma cidade com ruas de ouro? Você pode! E o melhor de tudo é poder morar ao lado do próprio Deus. Vigiem, não percam a salvação, Jesus está voltando, prepare-se para que você o veja!





Leia também:

quinta-feira, dezembro 03, 2015

Dicas de Ballet: Espetáculo

Dicas Gerais para o dia do Espetáculo


E aí bailarinos, tudo bem com vocês? Hoje é o terceiro post sobre espetáculo de fim de ano. No primeiro eu dei algumas dicas de como se preparar para o grande dia, no segundo fiz um check list das coisas que não podem faltar na mala do bailarino e hoje vou dar umas dicas gerais só pra reforçar o que todos já sabem e para encerrar esse assunto com chave de ouro, então vamos lá?!

Você já viu uma bailarina dessas grandes companhias dançando com franjas no rosto? Então pelo amor de Deus né meninas, vamos prender essas franjas, mesmo que sejam pequenas, coloquem bastante gel nesses cabelos (sem glitter por favor, a não ser que o personagem exija), e deixe tudo bem preso, até porque cabelos soltos e caindo no olho podem prejudicar na hora de dançar, por exemplo, quando for fazer uma pirueta. Rabos de cavalo também não são recomendados, o mais indicado é um coque com redinha fina, aquelas que se confundem com o cabelo e nem aparecem.

No ballet clássico, os figurinos não podem ter nenhuma "alça" a mostra, portanto se o elástico da sua roupa não é da mesma cor de sua pele, passe uma base de pele neles, até ficar uniforme. Esse é um truque muito usado pelas grandes bailarinas e que fará com que seu pescoço pareça mais alongado.

Ainda usando uma base de pele, cubra todas as tatuagens que você tiver e que o figurino não tampa. Bailarinas não podem dançar com elas a mostra.

Gotinhas de esmalte incolor ou base de unhas, são ótimas para consertar furos e partes desfiadas em meias e podem quebrar um galho danado se você não quiser comprar uma nova. Porém, se a sua meia calça já está toda frouxa ou com furos maiores, aí não é legal usar né, melhor comprar outra.

 Dispense o uso das calcinhas se o seu figurino já tiver um collant, pois marcam e isso é feio. Caso queira usar, então escolha uma da cor de sua pele e sem costura.

 Se o figurino necessitar ou permitir o uso de sutiã, escolha um da cor da pele e não se esqueça de esconder as alças. Caso não seja necessário usá-lo melhor ainda.

Nada de esmaltes coloridos. Se for pintar as unhas escolha um esmalte incolor, ou apenas base, mas de preferência, não pinte.


Não deixe as fitas da sapatilha de ponta aparecendo.

Nada de usar brincos, colares, anéis, relógios e afins, não vemos isso nos grandes espetáculos, ou você já viu alguma bailarina famosa dançando cheia dessas coisas?

Lembre-se: O talento, a dança e a luz da própria bailarina é o que devem chamar a atenção em um palco, os acessórios não devem aparecer mais que você!!!

Espero que tenham gostado dessas dicas e que coloquem em prática. Indique este artigo para suas amigas bailarinas e continue ligado, em breve eu volto com mais postagens legais sobre o Ballet !!! 

Boa apresentação a todos !!!





Leia também:

quarta-feira, dezembro 02, 2015

Dicas de Ballet: Check List do Bailarino

Check List do Bailarino para os espetáculos


No post anterior eu dei algumas dicas de como se preparar para o espetáculo e hoje dando sequência ao assunto, preparei um check list do que levar no dia, vejam:

♥ Figurino e acessórios que serão utilizados: 
Meia calça;
♥ Meia calça reserva, se tiver;
 Sapatilha;
♥ Polaina;
 Ponteira;
 Redinha de cabelo;
 Collant;
 Collant reserva, se tiver e achar necessário;
Acessórios do figurino e tudo que for precisar;
 Leve também um porta figurino, um saco plástico, uma caixinha, mochila ou outra coisa onde você possa guardar seus figurinos, principalmente se tiver que trocar de roupa rapidamente, para não deixa-los jogados.

♥ Kit alimentação: 
 Água
 Lanches leves, uma fruta por exemplo ou um biscoito integral.

♥ Kit de costura: 
 Tesoura;
 Alfinetes;
 Agulha e linha, caso seja necessário consertar algo de emergência.

♥ Kit para o cabelo: 
 Gel ou spray fixador;
 Grampos;
 Pente;
 Escova.

♥ Kit maquiagem: 
 Leve o básico, caso seja necessário retocar ou trocar a maquiagem durante a apresentação; 
 Base;
 Pó;
♥ Blush;
♥ Rímel;
 Lápis de olho;
 Delineador;
 Sombra;
 Batom;
 Algodão;
 Demaquilante;
♥ Espelho.

♥ Lenços umedecidos, cotonete: 
♥ Ajudam no retoque da maquiagem. E se você irá apresentar mais de uma vez e terá que trocar a maquiagem os lenços são uma forma prática de limpar rapidamente.

♥ Esparadrapo e Band-aid: 
♥ Ajudam na proteção dos dedos e pés na hora de calçar a ponta.

♥ Talco: 
♥ Coloque nas ponteiras, para não grudarem nem ressecarem, além de durar mais ainda evitam o mal cheiro.

♥ Toalhinha Pequena: 
♥ É útil caso seja necessário enxugar suor. 
♥ Não use o próprio figurino para fazer isso.

♥ Desodorante.

♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥

♥ Não leve:
♥  Colar;
♥  Pulseiras;
♥  Anéis, exceto aliança;
♥  Relógios;
♥  Redinhas coloridas ou gel com glitter, a não ser que façam parte do figurino;
♥  Lanches pesados;
♥ Ou qualquer outra coisa que você sabe que não vai usar.

Bom, bailarinos, essas foram as dicas de hoje, fiquem ligados porque tem mais, aguardem!!!





Leia também:

terça-feira, dezembro 01, 2015

Dicas de Ballet: Como se preparar para um espetáculo

Espetáculo de Ballet


E aí leitores do Blog Dança Cristã, como vocês estão? A alguns dias recebi uma mensagem de uma bailarina me pedindo para acrescentar um tópico aqui no site para falar especificamente do ballet. Achei ótima a ideia e decidi atender a esse pedido. Para começar, vou dar algumas dicas de como se preparar para o espetáculo de fim de ano. Afinal, novembro está terminando, as apresentações das escolas de balé estão chegando, e nós bailarinos que ensaiamos o ano todo e nos dedicamos tanto para fazer bonito no palco já começamos a ficar ansiosos e preocupados e a tendência é só piorar até chegar o grande dia... Então vamos começar??

 Informe-se: Procure se informar com antecedência sobre o dia, local e horário onde será o evento. Já deixe tudo planejado, como você fará para chegar até o local, se alguém vai te levar ou se você irá de táxi, por exemplo. Procure saber também com quanto tempo de antecedência você deverá chegar, se já terá que ir pronta ou se vão se arrumar no local. Peça o cronograma das apresentações para ter uma noção do momento em que você entrará no palco, enfim, junte todas as informações relevantes para evitar correria no dia.

 Maquiagem e Figurino: Verifique se todas as roupas que serão utilizadas estão limpas, passadas e confortáveis no seu corpo, se tiver que fazer algum ajuste, faça com antecedência. Reúna todas as suas coisas, sapatilhas, meias, polainas, e tudo que for usar, e deixe separado e organizado. Procure saber que tipo de maquiagem você deverá usar, quais serão as cores, e acessórios necessários. Leve suas coisas, pelo menos o básico, dentro da bolsa, caso seja preciso retocar antes de subir no palco.

 Previna-se: Leve coisas extras, uma sapatilha, um collant e uma ponteira a mais, remédios para dores, grampos, escova, agulha, linha, tesoura, band-aid, esparadrapo e tudo que você acha que pode precisar na hora, e até mesmo aquilo que você não acha que vai precisar, porque nunca sabemos quando um imprevisto acontece não é mesmo?!

 Confira suas coisas: Mesmo que você já tenha deixado tudo pronto com antecedência, verifique antes de sair de sair de casa se não está esquecendo algo, faça uma lista, se achar necessário, de tudo que vai precisar e depois confira com suas coisas. Caso você vá ensaiar no local, certifique-se de levar uma roupa a mais, para não usar a mesma na hora  da apresentação.

 Chegue com antecedência: Não chegue em cima da hora, cumpra o que foi combinado com sua professora, e se não tiver sido marcado um horário, tente chegar ao menos uma hora antes, para ir se familiarizando com ambiente, alongar-se e dar os últimos retoques no cabelo, maquiagem, figurino, etc...

 Alimentação: Alimente-se bem antes de sair de casa, mas coma coisas leves e beba muita água, não dance com fome ou sede, você pode acabar se sentindo mal. Coloque ao menos uma garrafa de água e um cereal nas suas coisas, pode ser que demore e você deve estar bem hidratado.

Outras dicas gerais: Se for preciso ajudar suas colegas a se trocar ou maquiar, ajude; tenha cuidado com suas coisas para não esquecer nada no local e nem se misturar com as coisas dos outros; não fique conversando no momento do espetáculo, é importante manter a ordem; tenha muita atenção e foco para que tudo saia conforme planejado.

Espero que tenham gostado destas dicas, em breve falarei sobre o que levar para o dia da apresentação. Aguardem!!!
 
Voltar ao Topo
Distributed By Blogger Templates | Designed By OddThemes