segunda-feira, julho 25, 2016

Dicas de Ballet: Como melhorar seus saltos

Toda bailarina deseja ter saltos incríveis, mas infelizmente, a maioria dos saltos são difíceis e exigem muita dedicação e prática, por isso resolvi dar algumas dicas básicas, porém essenciais, para você que deseja melhorar os seus saltos. Vamos lá?!

Dicas para melhorar seus saltos na dança, grand jeté, como fazer um grand jeté, saltos no ballet



Comece se alongando

Nunca tente fazer um salto sem antes se alongar, pois você pode se machucar. Alongue bem as pernas, costas e aqueça-se. É muito importante que seu corpo esteja bem preparado.

Realize o Plié corretamente

Comece e termine seus saltos com o plié. Ele é extremamente importante para alcançar a altura que você precisa e para executar o salto perfeitamente. Quanto mais profundo for o seu plié, mais alto conseguirá saltar. Quando o plié é realizado corretamente a pernas ganham mais força, resistência e o impulso é maior. O perigo de uma queda também é diminuído.

Correr

Correr ou dar pequenos pulinhos antes de saltar é muito bom, pois aumenta a altura dos saltos, fortalece as pernas e ajuda a pegar impulso.

Olhe para cima

Olhar para baixo durante um salto irá mantê-lo para baixo, pois seu corpo ficará mais pesado. Portanto, quando saltar, fixe seus olhos em um ponto alto, no sentido que você está indo. Quando você olha para cima, o restante do seu corpo te segue. Além de deixar seu salto mais alto e bonito.

Atente-se aos braços

Não deixe seu braços de qualquer maneira, eles devem estar em perfeita harmonia com o seu corpo. 

Não esqueça da ponta de pé

Force sempre a sua ponta de pé enquanto realiza o salto.

Controle a chegada do salto

Não adianta nada realizar um salto incrível, mas na hora de descer cair toda desajeitada. Portanto, tente chegar ao chão com a mesma suavidade que subiu. Nunca se esqueça de amortecer suas pernas com o plié. Sair de um salto com os joelhos retos, pode causar lesões.

Pratique outros exercícios

Praticar exercícios como pular corda, correr, ou até mesmo pular por pular, ajuda muito no momento do salto. Você pode usar pequenos obstáculos, como caixas, por exemplo, e pular por elas com os dois pés ou apenas um. São exercícios simples, mas que fortalecem os músculos da perna, e com a prática regular você verá uma grande melhora em seus saltos.

Leia também:

E aí? Gostou das nossas dicas?? Se você gostou, compartilhe em suas redes sociais e envie para os seus amigos do ministério. Se tiver alguma experiência para contar, ou algo a dizer sobre este assunto, fique a vontade para comentar... Fiquem com Deus meus amores! Que Deus abençoe cada um de vocês e derrame suas bençãos sobre o ministério de todos, graça e paz!

quarta-feira, julho 20, 2016

Como gerar recursos para meu ministério?

O ministério de dança, como qualquer outro, possui gastos e despesas, por isso precisa de recursos para se desenvolver. Mas o que fazer quando a igreja não ajuda? E quando a igreja até ajuda, mas não é o suficiente? Bom, vou dar algumas dicas do que pode ser feito, mas antes, quero deixar bem claro, que não é obrigação da igreja ajudar ministério nenhum, precisamos entender isso! Pelo contrário, os nossos ministérios é que precisam ajudar a igreja. Sugiro até que se o seu ministério ainda não contribui no dízimo, que comecem a fazer isso. Este é o primeiro segredo para serem prósperos e abençoados financeiramente.


Como gerar recursos para meu ministério de dança?


Muitas vezes cobramos ajuda da igreja e de outros ministérios, mas e nós? O que temos feito para que nosso grupo cresça e se desenvolva? Temos dinheiro para tantas coisas, mas acabamos deixando de lado o que realmente importa: investir na obra de Deus. Precisamos mudar os nossos pensamentos e começar a nos dedicar mais a nossos ministérios, de todas as formas, inclusive financeiramente. Estudem, façam aulas e cursos, participem de congressos e seminários, assistam a musicais e espetáculos de dança, invistam o tempo de vocês, mas invistam o dinheiro também, separe um valor para doar todo mês ao ministério. Não seja um grupo comum, medíocre, sejam diferentes.

São muitas despesas: figurinos, colchonetes, acessórios (objetos usado na dança, e adereços), material de estudo (apostilas, livros...), cursos, enfim... Um ministério precisa de investimento, mas nem sempre temos renda o suficiente para tirarmos dinheiro do nosso próprio bolso, e ficar dependendo do caixa da igreja, não dá! Portanto, é necessário que busquem formas de arrecadação, que todos trabalhem unidos e contribuam para isso.

Há inúmeras maneiras de arrecadar dinheiro para o ministério, sejam criativos e não tenham preguiça de trabalhar. Busquem sempre ouvir as ideias de todos do grupo e antes de realizar qualquer coisa, peçam autorização aos responsáveis pela igreja. 

Confira algumas dicas do que pode ser feito:

Contribuição do mês

Determine um valor "X" que caiba no bolso de todos, para que cada ministro contribua todo mês. O dinheiro que cada um contribuir, deve ficar guardado no caixa do ministério.

Criem eventos e vendam ingressos

Algumas ideias de eventos que vocês podem fazer:

- Festival de Sorvete;
- Noite do Macarrão;
- Noite da Pizza;
- Sabadão da Feijoada;
- Galinhada, etc.

Cantina

Se na sua igreja já possui cantina, peça autorização para vender algo de vocês, como bombom e brigadeiro, por exemplo. Mas se ainda não têm uma cantina, é a hora de vocês fazerem. Vender comida antes e depois dos cultos pode dar um bom resultado. Exemplo de coisas para vender:

- Cachorro Quente
- Pastel
- Salgados
- Caldo
- Refrigerante
- Jantinha
- Bolos e Tortas
- Doces e Bombons

Vendam algo nos eventos da igreja

Sempre que tiver eventos na igreja, criem algo para vender, pode ser: pulseiras, canecas, livros, bandanas, ou até mesmo alimentos.

Bazar

Arrecade roupas, calçados, acessórios e objetos e façam um bazar em um ponto movimentado na cidade, e também na porta da igreja antes e depois dos cultos. Geralmente, essa técnica dá bons resultados.

Rifas

Peçam doação de prêmios e vendam rifas, na igreja e para pessoas conhecidas. Realizem o sorteio no culto ou em algum evento da igreja.

Façam congressos, festivais e seminários de dança

Invista neste tipo de eventos, convide ministérios de outras igrejas e cobrem um valor para inscrição. Além da inscrição vocês podem vender alimentos e objetos no local do evento.

Ofereçam Oficinas e Workshops

Convidem outros ministérios da região para fazerem cursos com vocês. Venda o material do curso e determinem um valor para cada oficina e workshop realizados.

Montem uma loja virtual

Aprendam a fazer objetos para dança, por exemplo: leque de véu, fitas, arcos, e vários outros e vendam pela internet para ministérios de todo Brasil. Vocês podem vender também apostilas. Se o seu ministério for profissional, vocês podem oferecer cursos online, ou vender Dvd's.

Ao realizarem eventos, façam convites, ou fichas de inscrição, para terem uma noção de quantas pessoas irão participar, e assim, evitarem desperdícios. Busquem sempre patrocínios e doações, evitem tirar dinheiro do caixa do ministério, ou até mesmo do bolso de vocês. Invista na divulgação, façam cartazes, folders, e abusem das redes sociais. Distribua bem as tarefas, de modo que cada um fique responsável por alguma coisa e não pese para ninguém. Tenham em mente que todo dinheiro arrecadado é para o ministério e não para uso pessoal de nenhum de vocês.

Essas foram apenas algumas sugestões, mas além dessas, muita coisa legal pode ser feita, basta usar a criatividade e estar dispostos a trabalhar. Em tudo que vocês forem fazer, busque a direção do Espírito Santo, e com certeza, serão grandemente abençoados.


Leia também:


E aí? Gostou do nosso artigo?? Se gostou, compartilhe em suas redes sociais e envie para aquele(a) seu amigo que não sabe o que fazer para arrecadar dinheiro para o ministério. Se tiver alguma experiência para contar, ou algo a dizer sobre este assunto, fique a vontade para comentar... Fiquem com Deus meus amores! Que Deus abençoe cada um de vocês e derrame suas bençãos sobre o ministério de todos, graça e paz!

segunda-feira, julho 18, 2016

Como lidar com adolescentes no ministério

Uma pergunta que tenho recebido muito é: "Como lidar com adolescentes no ministério de dança?". Realmente, lidar com eles não é fácil. Adolescentes precisam de atenção especial, já que esta é uma fase complicada.

Como lidar com adolescentes no ministério de dança


Segundo a Lei Federal 8.069/90 (Estatuto da Criança e do Adolescente), considera-se adolescente aquele que possui entre 12 e 18 anos, veja:

Art. 2º Considera-se criança, para os efeitos desta Lei, a pessoa até doze anos de idade incompletos, e adolescente aquela entre doze e dezoito anos de idade. 

Não é fácil lidar com adolescentes, por isso é preciso que o líder possua muita sabedoria e discernimento. Nesta idade, eles estão em um processo, onde estão crescendo e descobrindo a vida, são muitas dúvidas, descobertas e emoções, e eles ainda não se sentem prontos para nada, nem mesmo para se comprometerem com um ministério. Isto é normal, não se desespere!

A primeira coisa que você precisa ter em mente, é que forçar a barra, cobrar demais, exigir demais, vai afastá-los. Eles não estão preparados para cobranças. Por isso, o ministério é um lugar onde eles precisam sentir prazer em estar, somente assim, poderão levá-lo a sério. 

Se você possui adolescentes no seu ministério e não sabe como lidar com eles, confira algumas dicas:

Faça coisas que chamem a atenção

Adolescentes são jovens e precisam ser tratados como tal. Portanto, invista naquilo que jovens gostam de fazer, por exemplo: churrascos, luau, cinema ou até mesmo um filme na casa de alguém. Combine com o líder de jovens para fazerem festas temáticas e incentive-os a montar coreografias que tenham relação com o tema da festa. Jovens gostam dessas coisas. E você, líder, para chamar a atenção deles, precisa entrar neste mundo deles. Não esquecendo, que tudo deve ser feito com ordem e decência, como nos ensina a palavra.

Invente sempre algo para fazerem após os ensaios

Se o ensaio é no sábado, vocês podem se reunirem e ir a um clube juntos, se for de manhã, podem marcar de almoçar na casa de alguém, se for a noite, podem sair para jantar. Se o ensaio é a tarde, vocês podem combinar de passarem juntos em uma sorveteria antes de irem para casa. Tenham comunhão, isso é importante e faz muita diferença, pode acreditar.

Tirem um tempo em todos os ensaios, para orarem juntos

Não apenas orar, mas conversar também. Adolescente gosta muito de falar sobre sua vida, seus medos, seus sonhos... Tire uns 10 minutinhos em todo ensaio, para saber como foi a semana de cada um, e perguntar se estão bem. Isto mostra que você se preocupa com eles, faz com que se sintam amados, e eles vão sempre se lembrar que ali no ministério tem alguém que cuida deles. Quando comecei ir na igreja, eu ia nos cultos de jovens só pra conversar com os líderes, porque eles me ouviam e isso fez uma grande diferença na minha vida. Então não custa tirar os primeiros minutinhos do ensaio para conversar com eles e orar pela vida deles.

Leve sempre um estudo

Em todos os ensaios, leve um estudo, incentive-os a ler em casa e levar no próximo ensaio um resumo do que entenderam. Isto vai começar a despertar neles o desejo de buscar mais, de aprender mais.

Dê função a elas(es)

Por exemplo, escolher a música da próxima coreografia, levar o próximo estudo, ou dar uma palavra no próximo ensaio, montar a próxima coreografia, enfim... Envolva eles de todas as formas que puderem nas coisas do ministério, distribua tarefas e faça com que fiquem sempre ocupados. Isto vai motivá-los e mostrar que você confia neles.

Seja amiga delas(es)

Adolescentes, principalmente meninas, precisam muito de alguém por perto, cuidando delas, ajudando a lidar com os problemas da idade e tal, seja esta pessoa. Seja alguém que elas poderão contar e confiar sempre. Alguém que estará ali aconselhando e ensinando o melhor caminho, alguém que vai orar com elas, e ajudá-las sem julgar seus erros. Faça do seu ministério sua segunda família.

Nunca desista do seu ministério

Esteja sempre orando por ele e pela vida de cada um(a) de seus liderados. Pague um preço pela vida deles, ore, jejue... jejue, ore... Não existe nada mais eficiente que a oração. Confie sempre no Senhor e persevere. 

Leia também:
 
Voltar ao Topo
Distributed By Blogger Templates | Designed By OddThemes